Aproveite para dormir

Aproveite para dormir…

( frase de Autor Desconhecido)

Se você já esteve ou está grávida, estou certa de que já decorou essa frase de trás para frente.

Durante a gravidez, eu queria muito saber quem foi que começou a viralizar esse conselho por aí entre as grávidas… E também as outras muitas verdades absolutas que o mundo inteiro sabe sobre você e seu bebê, menos você, é claro!

Enquanto você desfruta da eternidade dos seus 9 meses, não lhe faltarão olhares de compaixão… Compaixão por você não conhecer, não se preocupar ou apenas não saber ao certo o que mudará na sua vida com a chegada do bebê. Olhares de quem diz, “Pobre mãe de primeira viagem!”.

Nada disso nos deixa abater, e seguimos otimistas!

Afinal, pode até ter sido assim com você, com a sua esposa, com sua amiga, com a sua irmã, sua prima, sua mãe, vizinha… Mas isso não quer dizer, em absoluto, que comigo será da mesma maneira!

Aliás, sono não é acumulativo… Portando, seguimos otimistas, sem entender por quê insistem em nos dizer: “Aproveite para dormir…”.

E então, o bebê nasce… o amor transborda, junto com os hormônios e outras tantas emoções nunca experimentadas antes.

E sabe, seria muito bom se o sono fosse mesmo acumulativo…

Sr. Autor Desconhecido, a sua frase, hoje, é quase música para os meus ouvidos!

Que bom saber que as esposas, amigas, irmãs, primas, mães e vizinhas também passaram por isso!  Nesse momento damos início ao primeiro mantra da maternidade: “Bem que você disse”!

E agora, mal posso esperar para passar essa tradição adiante e falar sobre as verdades absolutas para uma futura mamãe. Ela vai duvidar de tudo, até nascer o bebê… Depois vai me dar razão, e seguirá com a tradição também.

Com o nascimento do Bento compreendi profundamente as mulheres que conheço que foram mães antes de mim. Tudo aquilo que ouvi delas um dia, que nem fazia tanto sentido assim, e, todas as vezes que elas não podiam, ou simplesmente não queriam, falar, estar, participar, atender ou responder… ficou tudo muito claro de repente, de um segundo para o outro, como se fossem códigos sendo descodificados diante dos meus olhos.

Mentalmente, pedi perdão a elas.

Por julgamentos precipitados, por não entender a dimensão daquele amor que elas tanto falavam e por não respeitar adequadamente a fragilidade daquele momento.Achismos, teorias, comparações, planos… temos tudo decidido para o nosso bebê, até que ele nasce…

Portanto, para você, mamãe de primeira viagem, fica aqui a minha verdade mais absoluta: Não existe verdade. Não existe certo, não existe errado, tão pouco, existe um manual de instruções. Existe você, existe seu bebê e existe a melhor mãe que o seu bebê poderia ter no mundo, e ela é única e exclusivamente você.

Afinal, foi ele quem te escolheu. Foi ele que gestou a mãe que estava aí guardada dentro do seu coração, e que nasceu no mesmo dia, lugar e hora que ele.

Parabéns bebê, pela sua recém-mamãe!

E, claro, parabéns mamãe! Aproveite para dormir…

2017-08-09T09:58:52+00:00 2 de agosto de 2017|